Orelha Publicitária www.dupesssoa.com.br

Fisiculturista morre de câncer após dieta de 10 mil calorias

A busca pelo corpo perfeito e escultural levou à morte o personal trainer e ex-fisiculturista britânico Deam Wharmby, de 39 anos.

Apostando em uma dieta de 10 mil calorias diárias - que incluía hambúrgueres, pizzas, bacon e bebidas energéticas -, o atleta acabou agravando um tumor que se transformou em câncer no fígado.

Imagens publicadas nas redes sociais mostram Deam antes e depois da doença - Foto: Reprodução | Facebook

Há cerca de 5 anos e meio, Wharmby pesava 127 kg. Segundo informações divulgadas pelo jornal Daily Mail na época, ele chegou a usar anabolizantes por um ano para chegar ao corpo que queria, e sua dieta supercalórica também o teria ajudado a aumentar os músculos.

Foi neste período que ele passou mal e descobriu o tumor. Desde então o fisiculturista lutava contra a doença e comartilhava suas experiências nas redes sociais - com quase 10 mil seguidores no Facebook.

"Eu estava tentando ser o maior possível", contou o rapaz ao Daily Mail. "Não posso dizer que foi minha dieta (a causa do câncer) com certeza, mas certas coisas como as bebidas energéticas foram fatores que contribuíram. Carne vermelha também. Todas essas coisas que descobrimos que possuem muitas impurezas. Acho que foi uma combinação de tudo", afirmou.

Após a descoberta da doença, os médicos sugeriram o tratamento com quimioterapia para, em seguida, realizarem um transplante, mas Wharmby negou e decidiu seguir um tratamento "natural", mudando seus hábitos.

Em novembro do ano passado, o câncer aumentou e o atleta resolveu aceitar o tratamento, compartilhando as etapas com seus fãs, mas acabou morrendo no último domingo, 19.




Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...